quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018 | 5:21:47

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Notícias

Reunião Nacional dos Órgãos da Administração e Gestão Eleitoral

Os Órgãos de Administração e Gestão Eleitoral, nomeadamente a Comissão Nacional de Eleições e os seus Órgãos de Apoio e o STAE, realizaram na Cidade da Matola, Província de Maputo, a Segunda Reunião Nacional dos Órgãos de Administração e Gestão Eleitoral nos dias 16 e 17 de Fevereiro do ano corrente, com o objectivo de avaliar o grau de execução das actividades preparatórias para o Recenseamento Eleitoral e para as Quintas Eleições Autárquicas, de 10 de Outubro próximo. No acto da abertura, o Presidente da Comissão Nacional de Eleições, Abdul Carimo Nordine Sau, frisou que esta reunião destaca-se pela necessidade de se olhar em prol dos desafios dos Órgãos da Administração e Gestão Eleitoral para a organização harmoniosa, eficiente e eficaz dos processos eleitorais em Moçambique, o que se tem revelado de capital importância para o fortalecimento das eleições cada vez mais livres, justas, transparentes e credíveis.

Ler Mais

CNE exorta a participação dos Cidadãos na campanha de educação cívica eleitoral

No âmbito do lançamento da Campanha de Educação Cívica, o Presidente da Comissão Nacional de Eleições exortou a todos os cidadãos a participarem na campanha de educação cívica eleitoral, que teve inicio no dia 14 de Fevereiro do ano em curso. Na ocasião, o Presidente da CNE, Abdul Nordine Sau, disse que a campanha tinha como objectivos informar o eleitor do valor do seu voto, incentivar o eleitorado a participar com civismo e maturidade nos pleitos eleitorais, contribuir para que o eleitor conheça a importância da sua participação na eleição dos representantes do poder e dos órgãos locais e de soberania, nomeadamente os presidentes das autarquias, membros das Assembleias Municipais e Provinciais, Presidente da República e Deputados da Assembleia da República, bem como contribuir para a vinculação de informações que promovam a pacificação, a concórdia, a tolerância, a harmonia e o respeito pela diversidade. (GCI)

Ler Mais

PROVÍNCIA DE TETE

Em preparação da campanha de educação cívica eleitoral, a Direcção Provincial do STAE de Tete procedeu a formação dos candidatos a formadores provinciais, no período compreendido entre 31 de Janeiro e 02 de Fevereiro de 2018. Esta formação, que envolveu 18 candidatos, visava capacitá-los em matéria de educação cívica eleitoral com vista a formação dos candidatos a Agentes de Educação Cívica, ao nível dos distritos autárquicos da Província de Tete. Na ocasião, o Director Provincial do STAE, Loló Correia, disse que ao nível dos quatro distritos autárquicos da Província, estão a ser seleccionados os candidatos a Agentes de Educação Cívica, bem como os candidatos a Brigadistas, processo que culminará com a formação dos mesmos. “Os Agentes são aqueles que se farão ao terreno e entrarão em contacto directo com a população, razão pela qual apelo a vossa responsabilidade neste processo, portanto devem ser capazes de formar e informar adequadamente aos Agentes de Educação Cívica Eleitoral de modo a que os mesmos possam mobilizar a população para afluir em massa aos postos de recenseamento”, referiu aquele dirigente. Aquando do encerramento desta formação, o Presidente da Comissão Provincial de Eleições de Tete, Ussumane Hassane Aligy Ibraimo Cassamo, louvou a iniciativa do STAE em promover a formação e exortou que os formadores continuassem a leitura dos conteúdos ministrados de modo a que possam transmiti-los fielmente aos candidatos a agentes de Educação Cívica. (GCI)

Ler Mais

Manhiça acolhe as cerimónias do lançamento da campanha de Educação Cívica

O Governador da Província de Maputo, Raimundo Diomba, procedeu no passado dia 14 de Fevereiro ao lançamento da campanha de educação cívica, ao nível da Província de Maputo, cujas cerimónias centrais decorreram na Vila autárquica da Manhiça. Intervindo na ocasião, Raimundo Diomba apelou a população para a afluência massiva aos postos de Recenseamento eleitoral de todos os cidadãos com 18 anos de idade ou mais e aqueles que completam 18 anos de idade até o dia 10 de Outubro para obterem o cartão eleitor. Frisou que o cartão de eleitor anterior já não servia, devendo por isso, que todos os cidadãos em idade eleitoral dirigirem-se aos postos de recenseamento eleitoral para obterem o novo cartão de eleitor. ( GCI)

Ler Mais

  Credenciação

Educação Cívica

  • Imagem
  • Imagem
  • Imagem

Perguntas rápidas

É uma forma de governo das populações locais que actua com autonomia em relação ao poder do Estado e com órgãos eleitos de entre as pessoas da sua comunidade. Este governo municipal desenvolve as suas actividades no interesse da população residente mas sem prejudicar os interesses do Estado e a Unidade Nacional. Este processo de descentralização de poderes em Moçambique é gradual e até ao presente processo eleitoral foram transformadas em autarquias locais 23 cidades e 30 vilas, totalizando 53 autarquias locais.

Terminado o apuramento das duas eleições (PCM e AM), o Presidente da mesa manda publicar os resultados das eleições da sua assembleia, afixando, para tal, os exemplares dos dois editais de apuramento parcial devidamente assinados e carimbados por todos os membros da mesa. As cópias dos editais originais e das actas originais de cada eleição são distribuídas aos delegados de candidatura presentes, aos partidos políticos, coligações de partidos políticos ou grupos de cidadãos eleitores

Videos